Página inicial do site Centro-Oeste
Página inicial da seção Ferrovias do Brasil
  
   
   
Agenda do Samba e Choro
Silos de embarque ferroviário de soja em 1992
Silos para embarque ferroviário de soja, na área de expansão do SIA, tendo ao lado o galpão principal para descarga dos caminhões
(com os elevadores de grãos) e, mais à esquerda, a esteira rolante que leva a soja para as moegas, de onde o grão é carregado
em vagões fechados pela escotilha. Atrás da esteira principal, uma terceira moega, em estrutura metálica verde.
(Foto: Centro-Oeste, agosto-1992).

  

Bibliografia
braziliense

Conterrâneos Velhos de Guerra - roteiro e crítica - 7 Nov. 2014

Como se faz um presidente: a campanha de JK - 21 Ago. 2014

Brasília: o mito na trajetória da Nação - 9 Ago. 2014

Luiz Cruls: o homem que marcou o lugar - 30 Jul. 2014

Quanto custou Brasília - 25 Set. 2013

   

Terminais ferroviários de grãos em Brasília
Planalto Agrícola, 1992


 
Flavio R. Cavalcanti - 25-Ago-2002

Só no início dos anos 90, ao procurar uma empresa de encomendas rodoviárias (Real? Itapemirim?) ou uma empresa de mudanças, conheci por dentro o Setor de Transporte Rodoviário de Cargas (STRC) — uma expansão do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), para além do Setor de Inflamáveis (SIN), ao longo da via férrea principal e da variante do SIA.

Essa área mais recente do SIA limita-se pela Via Estrutural e, nos 2 lados restantes, pela área de preservação ambiental das nascentes do córrego do Guará — a ponta do Parque do Guará, entre a "Vila Tecnológica" (Guarazinho, ou Conjunto Oscar Niemeyer) e o SIN, onde se dispersam a fumaça e o cheiro da usina de asfalto.

Foi quando tomei conhecimento dessa instalação de embarque ferroviário de soja, de uma empresa privada, a Planalto Agrícola.

[Até então, só conhecia o embarque rudimentar que era feito pela RFFSA no Armazém de carga da antiga Estação Bernardo Sayão; e o silo descomunal da Conab (Cia. Nacional de Abastecimento), próximo à Ceasa. Ontem, pelo Lucas Lieggio, na lista de discussão Ferrovia Global, fiquei sabendo que também existe uma instalação de embarque de soja no Setor de Armazenagem Norte (SAAN) um pouco ao norte da Estação (Rodo-) Ferroviária de Brasília].

Após duas ou três viagens para fazer essas fotos, em finais de semana, finalmente consegui ir lá durante a semana (creio que no inverno, ou "seca", de 1992) e conversei com o responsável pela empresa em Brasília. Como ainda não localizei as notas dessa visita, escrevo de memória.

A empresa estava se preparando para utilizar a hidrovia Paraná-Tietê, embarcando soja em São Simão (quase na ponta do Triângulo Mineiro) com destino a São Paulo. Possivelmente Piracicaba, onde um colega informou a existência de instalações para trasbordo hidrovia / ferrovia, rumo ao porto de Santos.

São Simão não tem ferrovia, por isso acredito ser pouco provável que o projeto se referisse a esta soja embarcada em Brasília, e colhida em áreas bem próximas — principalmente o PAD-DF, próximo à divisa de Minas Gerais, a leste, que só percorri em 1995.

O mais provável é que o projeto de transporte hidroviário dessa empresa visasse a soja plantada no sudoeste de Goiás, no eixo Mineiros - Jataí - Rio Verde, percorrido pela BR-60 (Brasília - Corumbá, MS) e com conexão asfaltada para São Simão, a apenas 200 km de Jataí.

Pretendia voltar à empresa, para conversar com um gerente ausente naquele dia, mas isso acabou não acontecendo.

   

Ferreoclipping

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

  

Ferreosfera

  

Ferreomodelismo

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em palitos de fósforo - 17 Dez. 2014

Correia de transporte da soja para embarque nos vagões da estrada de ferro
Vista da esteira rolante para a "garagem" onde as tulhas carregam os vagões, tendo ao lado um galpão menor onde caminhões
descarregam soja para a terceira tulha (verde). A via asfaltada, em primeiro plano, leva aos dois galpões de descarga dos caminhões.
(Foto: Centro-Oeste, primeira metade dos anos 90).

Exibir mapa ampliado
Terminais ferroviários de grãos em Brasília
Conab | Multigrain | ADM, 2002 | Planalto Agrícola, 1992 | Bernardo Sayão
Esplanada Ferroviária
"Pátio de Brasília será o maior" | Pátios ferroviários | SIA | PPCUB
Localização (1977) | Extremidade norte | Extremidade sul | Além do viaduto
Soja | Areia e Trigo | Sucata | Coque | Containers | Inflamáveis | UTE
Ferrovia e terminais graneleiros
Colinas (TO) | Cascavel (PR) | Boa Vista, SP | Panorama (SP) | Rio Grande (RS)
  

Busca no site
  
  
Página inicial do site Brasília
Página inicial do site Brasília
Sobre o site Brasília | Contato | Publicidade | Política de privacidade