Página inicial do site Brasília
Página inicial do site Brasília
 
   
   
Agenda do Samba e Choro
  

Bibliografia
braziliense

Conterrâneos Velhos de Guerra - roteiro e crítica - 7 Nov. 2014

Como se faz um presidente: a campanha de JK - 21 Ago. 2014

Sonho e razão: Lucas Lopes, o planejador de JK - 15 Ago. 2014

Brasília: o mito na trajetória da Nação - 9 Ago. 2014

Luiz Cruls: o homem que marcou o lugar - 30 Jul. 2014

Quanto custou Brasília - 25 Set. 2013

JK: Memorial do Exílio - 23 Set. 2013

A questão da capital: marítima ou no interior?

No tempo da GEB

Brasília: a construção da nacionalidade

Brasília: história de uma ideia

  

Trens turísticos

Trem do Corcovado
São João del Rei
Campos do Jordão
Ouro Preto - Mariana
Trem das Águas
Trem da Mantiqueira
Trem das Termas
Montanhas Capixabas
Teleférico de Ubajara

Em projeto

Expresso Pai da Aviação
Trem ecoturístico da Mata Atlântica
Locomotiva Zezé Leone

Antigos trens turísticos

São Paulo - Santos
Cruzeiro - São Lourenço
Trem da Mata Atlântica
Trem dos Inconfidentes

Calendário 1987
VFCJ | Bitolinha | Lapa | Inconfidentes | Trem da Serra | Paranapiacaba
  

Ferreoclipping

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

   

Edital do Concurso Nacional
do Plano Piloto da Nova Capital do Brasil

A escolha do
Plano Piloto” de Brasília


 
Flavio R. Cavalcanti

A construção da cidade seguiu um projeto urbanístico — o "Plano Piloto de Brasília" — escolhido em concurso de âmbito nacional promovido pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

O edital do concurso foi publicado no Diário Oficial da União de 30-Set-1956.

A Novacap havia sido criada, oficialmente, oito dias antes, em 22-Set-1956. Tinha um presidente, três diretores, conselho administrativo e conselho fiscal:

  • Presidente - Israel Pinheiro, engenheiro, deputado federal pelo PSD
  • Diretor Administrativo - Ernesto Silva, médico
  • Diretor Técnico - Bernardo Sayão, engenheiro
  • Diretor Financeiro - Íris Meinberg, da lista tríplice apresentada pela UDN, principal partido de oposição

Diante das consultas formuladas pelos concorrentes, informações complementares foram apresentadas em correspondência ao Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB).

  • Inicialmente, foi sondado o arquiteto francês Le Corbusier, que considerou mais adequado construir a nova capital com um projeto de arquitetos brasileiros.

O plano piloto deveria considerar o lago a ser formado pela represa do Paranoá e os locais fixados para o Palácio da Alvorada, o Brasília Palace Hotel e o Aeroporto — as inscrições no concurso ainda estavam em andamento, quando a primeira turma de trabalhadores chegou a Brasília para iniciar a construção da pista do aeroporto definitivo. O palácio e o hotel começaram a ser construídos em 1957 e foram inaugurados em 1958.

  • Em 1958 teve início a construção do Congresso Nacional (em estrutura metálica), do Supremo Tribunal Federal e do Palácio do Planalto, já de acordo com o projeto de Lúcio Costa, formando uma praça triangular — a praça dos Três Poderes.

O júri do concurso foi formado por:

  • Israel Pinheiro - Presidente da Novacap
  • Oscar Niemeyer - Diretor do Departamento de Urbanismo e Arquitetura da Novacap
  • Hildebrando Horta Barbosa - Representante do Clube de Engenharia
  • Paulo Antunes Ribeiro - Representante do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB)
  • William Holford
  • André Sive
  • Stamo Papadaki

Lúcio Costa foi um dos últimos a se decidir a participar do concurso (o 22° num total de 26 concorrentes) e sua apresentação — páginas manuscritas, com alguns esboços feitos a mão — chegou a causar constrangimento. Principalmente ao ser declarado vencedor.

O júri começou por selecionar 10 projetos finalistas e, embora fossem previstos prêmios para os cinco primeiros colocados, considerou quatro à altura da nova capital, antes de chegar ao vencedor.

O relatório indicando esses quatro projetos valeu uma disputa após ser declarado o resultado final — um deles argumentou que seus quatro autores deveriam ser chamados a participar coletivamente na elaboração de um projeto final.

   

Metrô DF

Estações

  • 6h a 23h30 - Segunda a Sábado
  • 7h a 19h - Domingos e Feriados

Intervalos entre os trens

  • 3min30 a 14min - conforme o dia, horário e estação

Tarifas

  • Segunda a Sexta - R$ 3,00
  • Sábados, Domingos e Feriados - R$ 2,00
  • Estudante - Passe Livre

Achados e perdidos

Trens de passageiros

Vitória - Belo Horizonte
São Luís - Parauapebas

Antigos trens de passageiros

Xangai
Barrinha
Expresso da Mantiqueira
Barra Mansa a Lavras
Trem de Prata
Trem Húngaro
Automotrizes Budd
Litorinas Fiat
Cruzeiro do Sul
Trem Farroupilha
Trem de aço da Paulista

Plataforma de embarque: 1995

Trens turísticos e passeios ferroviários
Trens de passageiros
Museus ferroviários
Maquetes ferroviárias
Eventos

Acompanhe

Plano Piloto de Brasília | Relatório Lúcio Costa
Fig. 1 e 2 | Fig. 3 e 4 | Fig. 5 a 7 | Fig. 8 | Fig. 9 | Fig. 10 a 12 | Fig. 13 a 15
A escolha do Plano Piloto | Edital da Novacap | Esclarecimentos | Carta ao IAB | Concorrentes | Relatório do Júri | Livro
Marcos históricos de Brasília
O Plano Piloto de Lúcio Costa | A escolha do Plano Piloto | O lago de Glaziou
A origem do Catetinho | Vida e morte de Bernardo Sayão
O massacre da Pacheco Fernandes
A logística da mudança | Os trens experimentais | A chegada do trem
A Pedra Fundamental | Missão Cruls | Relatório Cruls
Carta de Formosa | Emenda Lauro Müller
A idéia mudancista | Documentação
  

Busca no site
  
  
Página inicial do site Centro-Oeste
Página inicial da seção Ferrovias do Brasil
Sobre o site Brasília | Contato | Publicidade | Política de privacidade