Página inicial do site Brasília
Página inicial do site Brasília
 
   
   
Agenda do Samba e Choro
  

Relatório da Comissão Exploradora do Planalto Central do Brasil
Rio de Janeiro, 1894
(Codeplan, Brasília, 1992)

1ª Missão Cruls
1892-1893

Índice
Introdução
Carta de Glaziou
Índice das fotos
Relatório
Pessoal
Ferrovias e desenvolvimento

Trata-se do famoso "Relatório Cruls" (1894), referente à 1ª Missão Cruls (1892-1893), durante o governo Floriano Peixoto.
  

Sobre Luís Cruls

Louis Ferdinand Cruls
A via Cruls, by Pimentel
Luiz Cruls: o homem que marcou o lugar

Home to Cruls
  

Relatório da Comissão de Estudos da Nova Capital da União
Typo-lith. Carlos Schmidt, Rio de Janeiro, 1896

2ª Missão Cruls
1894-1896

Instruções (1894)
Pessoal e itinerários
Trabalhos
Ferrovia Catalão-Cuiabá
Ofício Cruls
O local quase escolhido
Relatório de Glaziou

Trata-se do Relatório "parcial" (1896), referente à 2ª Missão Cruls (1894-1895), abortada pelo corte de verbas no governo Prudente de Morais.

Longitudes

Estes livros ajudam a compreender a evolução histórica das técnicas de determinação das longitudes, de interesse para a compreensão do rompimento da linha de Tordesilhas, do Tratado de Madri e da delimitação do chamado Retângulo Cruls, entre outros aspectos da história do Brasil e da localização de Brasília.

Estrada Real dos Goyazes

A Estrada Real dos Goiases foi aberta em 1734, com 3 mil km, da Bahia até a fronteira da Bolívia.

Quase ignorada pela historiografia tradicional, começou a ser resgatada na década de 1980, por pesquisadores goianos / brasilienses que, desde então, iniciaram uma “arqueologia” de seu percurso, identificando vários trechos no terreno.

Estrada Real dos Goyazes
Viagem pela Estrada Real dos Goyazes | Estrada Colonial no Planalto Central
Notícia geral da capitania de Goiás em 1783 | Preexistências de Brasília
Alexandre de Gusmão e o Tratado de Madri
Francesco Tosi Colombina | Chegou o governador
   

Relatório Cruls, 1894
Índice do Relatório da 1ª Missão Cruls


 

Flavio R. Cavalcanti - Dez. 2012
   
Relatorio do dr. L. Cruls, chefe da Commissão 25
Preambulo 26
Historico 27
Instrucções 29
Pessoal da Commissão 30
Material 30
Levantamento dos caminhamentos 30
Correcções dos barometros Fortin 47
Formulas de correcção dos aneroides 48
Comparação do barometro Fortin nº 1.584 com o barometro padrão do Observatorio 48
Altitude dos Pyreneus 51
Instrucções para a 2ª turma 63
Demarcação da zona 69
Instrucções para as turmas, etc. 77
Grau de precisão para as observações 81
Instrucção supplementar para a turma B (NE) 81
Reconhecimento da chapada dos Veadeiros 89
Volta por Goyaz 101
Clima, aguas potaveis, materiaes de construcção 101
Systema hydrographico 106
Escolha do local para a futura capital 109
Conclusão 110
Medição dos rios 113
Distancias kilometricas dos itinerarios 143
Annexo I: Relatorio de Henrique Morize, chefe da turma SE 151
Annexo II: Relatorio de Tasso Fragoso, chefe da turma NW 163
Annexo III: Relatorio de A. Cavalcanti, chefe da turma NE 175
Calculos concernentes a determinação das coordenadas do vertice NW 185
Calculos concernentes a determinação das coordenadas do vertice SW 191
Calculos concernentes a determinação das coordenadas do vertice SE 205
Determinação da differença de longitude entre Goyaz - Uberaba - São Paulo 215
Annexo IV: Relatorio do dr. Antonio Pimentel, medico hygienista da Commissão 237
Geologia do Planalto Central do Brazil 243
Riqueza mineral do Planalto 247
Riqueza florestal e botanica do Planalto 250
Aguas medicinaes do Planalto 253
Descripção topographica de uma parte do Planalto Central, etc. 257
Descripção topographica da área demarcada 259
Meteorologia: Tabellas nºs 1 a 11 262
Climatologia da área demarcada 265
Pathologia 268
Estatistica pathologica 271
Observações meteorologicas do vertice SW 281
Observações diversas do vertice SW 289
Annexo V: Relatorio do dr. Eugenio Hussak, geologo da Commissão 293
Primeira parte 294
Segunda parte 298
Terceira parte 304
Itacolumite e itabirite 305
Calcareo 310
Quarta parte 311
Noticia sobre a fauna, pelo dr. Cavalcanti de Albuquerque 321
Annexo VI: Relatorio do dr. Ernesto Ule, botanico da Commissão 329
Chapadas ou Campos 333
As queimadas 334
Primavera 334
Chapadas inferiores 335
Chapadas mais elevadas 335
Cabeceiras 336
Valles 336
Florestas 337
Lagoa Feia 337
Serranias 337
Serra dos Pyreneus 337
Serra nas cabeceiras do Tocantins 338
Serra Dourada 341
Goyaz e a vertente occidental 342
Conclusão 343
Observação 343

 

Referências

1ª edição: 1894: H. Lombaerts & C., impressores do Observatorio: Rio de Janeiro. O conjunto completo dos mapas compõe um volume separado — Atlas dos itinerários, perfis longitudinais e da zona demarcada.

Antes, uma versão "parcial" havia sido apresentada ao governo e publicada no Diário Oficial da União (jun. 1893). Raramente é citado, por conter os mesmos dados do "Relatório completo", também conhecido como "Relatório Cruls".

2ª edição: 1947

3ª edição: 1957

4ª edição: 1984

5ª edição: 1987

6ª edição: 1992: Codeplan: Cia. do Desenvolvimento do Planalto Central / Governo do DF [Excluída a versão francesa. Inclui apenas 17 mapas selecionados do 2º volume (Atlas)].

Relatório & relatório

Trata-se do famoso "Relatório Cruls" (1894), referente à 1ª Missão Cruls (1892-1893), durante o governo Floriano Peixoto. Também indicado na época como "Relatório completo", para diferenciá-lo de outro "parcial", anterior (1893), publicado no Diário Oficial da União.

Porém, referências a um segundo "relatório parcial" indicam o da 2ª Missão Cruls (1894-1896), que nunca chegou a ter edição "completa", e aparentemente jamais foi reeditado.

Marcos históricos de Brasília
O Plano Piloto de Lúcio Costa | A escolha do Plano Piloto | O lago de Glaziou
A origem do Catetinho | Vida e morte de Bernardo Sayão
O massacre da Pacheco Fernandes
A logística da mudança | Os trens experimentais | A chegada do trem
A Pedra Fundamental | Missão Cruls | Relatório Cruls
Carta de Formosa | Emenda Lauro Müller
A idéia mudancista | Documentação
     
  

Busca no site
  
  
Página inicial do site Centro-Oeste
Página inicial da seção Ferrovias do Brasil
Sobre o site Brasília | Contato | Publicidade | Política de privacidade