Página inicial do site Brasília
Página inicial do site Brasília
 
   
   
Agenda do Samba e Choro
Prédios comerciais diferenciados, nas quadras 500 da Avenida W3  norte
O prédio da Disbrave — ocupando todo um "quarteirão", com posto de serviço, oficina anexa, estacionamento próprio
e entrada tanto para a W-2 quanto para a W-3 — foi um dos primeiros da antiga "Asa Norte Comercial", já sem
a rígida padronização das quadras "500" Sul. Foto: 14-Jan-2004.

  

Ferreoclipping

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

  

Bibliografia
braziliense

Conterrâneos Velhos de Guerra - roteiro e crítica - 7 Nov. 2014

Como se faz um presidente: a campanha de JK - 21 Ago. 2014

Brasília: o mito na trajetória da Nação - 9 Ago. 2014

Luiz Cruls: o homem que marcou o lugar - 30 Jul. 2014

Quanto custou Brasília - 25 Set. 2013

   

Calçadas, ruas e avenidas de Brasília
Avenida W-3 Norte


 
Flavio R. Cavalcanti [2006]

A designação surgiu, nas pranchetas dos construtores, por ser a terceira via, em afastamento, a oeste do Eixo Rodoviário.

Apesar do nome de "avenida", é uma via secundária (60 km/h), com inúmeros acessos dos dois lados — vias locais, entrada e saída de estacionamentos —, todos de menor prioridade. Na ausência de semáforo (ou nos horários de pisca-alerta), a prioridade é sempre da W-3.

Mapa de localização da Avenida W3, de norte a sul de Brasília

É percorrida por linhas de ônibus circulares (Plano Piloto) e de ligação com as cidades próximas. As linhas de ligação que percorrem a W-3 de norte a sul geralmente não passam pela Rodoviária (tarefa atribuída, em geral, às linhas que passam pelo Eixo Rodoviário).

A W-3 Norte tem três faixas de rodagem em cada sentido, com estacionamento público do lado oeste (quadras "700") — e estacionamentos eventualmente deixados pelos construtores dos prédios do lado leste (quadras "500").

É proibido estacionar ou parar junto ao meio-fio — exceto nas baias dos pontos de ônibus, para desembarque de passageiros.

Anos 60

As quadras "700" comerciais da W-3 foram a primeira área a se desenvolver na Asa Norte, no início dos anos 60, quando as únicas quadras construídas eram as residenciais SQN 403 a 406 — a mais de um quilômetro dali, e desprovidas de comércio.

Surgiram como um arruamento de barracos de dois andares, a parte superior avançando sobre as calçadas — também de madeira, para livrar o pé da lama — no mais puro estilo "velho oeste" da Cidade Livre (Núcleo Bandeirante), de cujos arredores haviam sido transferidos. Os comerciantes moravam no andar de cima, com suas famílias.

Por isso, otrecho construído da L-2 era conhecido como "Asa Norte Residencial", e o trecho de barracos da W-3 como "Asa Norte Comercial", assim identificadas nos letreiros dos ônibus.

Esse comércio em barracos de madeira já surgiu estabelecido do lado oeste da W-3 — quadras "700", que na Asa Sul são puramente residenciais.

Do lado leste, apenas a 502 Norte começou a ser construída segundo o desenho rígido das lojas da Asa Sul, com marquise em balanço e dois pisos superiores (inclusive para residência) na face voltada para a avenida e para o sol da tarde. As demais "500" Norte foram edificadas já sem essa padronização, e com permissão de gabarito elevado.

   

Ferreosfera

  

Byteria

  

Vista da Avenida W3 norte, com os estacionamentos laterais junto à primeira fileira de prédios comerciais das quadras 700
Comércio com estacionamento separado da pista, do lado oeste (quadras "700"), e prédios de aparência variada do lado leste
(à direita, o Banco do Brasil da 504) marcam algumas das principais diferenças em relação à Asa Sul. Foto: 14-Jan-2004.
Calçada em galeria nos prédios comerciais de frente para a Avenida W3, na Asa Norte
O avanço do piso superior — criando um abrigo para o a clientela das lojas — já caracterizava a W-3 Norte de meados dos anos 60,
quando as construções eram barracos de madeira e as famílias dos comerciantes moravam na parte de cima. O desnível entre
a calçada e a urbanização é mais do que comum, 14-Jan-2004, 18h48
Vias e Setores do Plano Piloto de Brasília
Água Mineral EPIA N5 Eixo
Rodo-
viário
N5 L4
Norte

















L4
Sul
Av.
Nações
Clubes Lago
Noroeste Camping 916
a
902
W4
e
W5
716
a
702
W3
e
W3½
516
a
502
W2 316
a
302
W1 116
a
102
216
a
202
L1 416
a
402
L2 612
a
602
Campus
da UnB
SMU

SAAN
SRTVN SMHN - Hospitais SMHN SBN / SAN N4
N-3 N-3 N3 Embaixadas
  EPAA SCN SCN - Comercial Norte SBN / SAN
SMU Autódromo
Esportes

GDF
N2     N2 — Via de serviço Plata-
forma
Rodo-
viária

e
Estação
Central
do
Metrô
N2 N2
  SHN - Hotéis SHN - Hotéis   SDN
(CNB)
Cultural Norte Ministérios Planalto
N1 — Eixo Monumental N1 — Eixo Monumental
Ferro-viária Cruzeiro | Memorial | Buriti | Convenções | Torre TV | Fontes Esplanada            Congresso    
Estrutural S1 — Eixo Monumental S1 — Eixo Monumental
SIA Câmara
e
SIG



Cruzeiro

Sudoeste

Octogonal
EPIG TJDFT
SIG
S2 SHS - Hotéis W3 SHS - Hotéis   SDS
(Conic)
Cultural Sul L2 Ministérios STF
Parque
da
Cidade
    S2 — Via de serviço S2 S2
901
a
916
W4
e
W5
SCS SCS - Comercial Sul Eixo
Rodo-
viário
SBS   SAS 601
a
616
Embaixadas
S3 S3 S3
SRTVS SMHS - Setor Médico Hospitalar SBS L1 SAS
Campo da Esperança 702
a
716
502
a
516
W2 302
a
316
W1 102
a
116
202
a
216
402
a
416
S4 - ligação Av. das Nações (L4) - Setor Policial Sul S4 - ligação Av. das Nações - Setor Policial
Asa Norte | Centro | Asa Sul
Este menu é uma apresentação esquemática, apenas para dar uma idéia geral. Está fora de escala, distorcido, incompleto, e contém várias inexatidões.
Consulte os mapas de cada Via ou Setor, para uma visão mais correta.
Vias de Brasília e Distrito Federal
Eixo Monumental | Eixo Rodoviário | Vias locais do Plano Piloto
EPIA: espinha dorsal | EPCT - Contorno da bacia do Paranoá | Estradas Parque | Vias de acesso
Vias e Calçadas - a trama viária
Eixo Rodoviário | Transversais | Corredores leste-oeste | Calçadão, passarelas e acesso | Metrô | Galeria dos Estados | Cebolão Sul | Cebolão Norte
Estradas Parque do DF
EPAA - Armazenagem e Abastecimento | EPAR - Aeroporto | EPCB - Contorno do Bosque | EPCL - Ceilândia (Via Estrutural) | EPCT - Contorno | EPCV - Cabeça de Veado | EPDB - Dom Bosco | EPGU - Guará | EPIA - Indústria e Abastecimento | EPIG - Indústrias Gráficas | EPNB - Núcleo Bandeirante | EPPN - Península Norte | EPPR - Paranoá | EPTG - Taguatinga | EPTM - Tamanduá
  

Busca no site
  
  
Página inicial do site Centro-Oeste
Página inicial da seção Ferrovias do Brasil
Sobre o site Brasília | Contato | Publicidade | Política de privacidade