Página inicial do site Brasília
Página inicial do site Brasília
 
   
   
Agenda do Samba e Choro
  

Bibliografia
braziliana

Enciclopédia dos municípios brasileiros - 18 Mar. 2015

Grande sertão: veredas - 29 Out. 2014

Itinerário de Riobaldo Tatarana - 27 Out. 2014

Notícia geral da capitania de Goiás em 1783 - 26 Out. 2014

Viagem pela Estrada Real dos Goyazes - 9 Out. 2014

  

Bibliografia
braziliense

Conterrâneos Velhos de Guerra - roteiro e crítica - 7 Nov. 2014

Como se faz um presidente: a campanha de JK - 21 Ago. 2014

Sonho e razão: Lucas Lopes, o planejador de JK - 15 Ago. 2014

Brasília: o mito na trajetória da Nação - 9 Ago. 2014

Luiz Cruls: o homem que marcou o lugar - 30 Jul. 2014

Quanto custou Brasília - 25 Set. 2013

JK: Memorial do Exílio - 23 Set. 2013

A questão da capital: marítima ou no interior?

No tempo da GEB

Brasília: a construção da nacionalidade

Brasília: história de uma ideia

  

Bibliografia

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

  

Ferreoclipping

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• Metrô DF direciona 2/3 dos trens para a Ceilândia - 27 Ago. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

Programação de Corpus Christi nos trens turísticos da ABPF Sul de Minas - 25 Mai. 2015

Passagens do trem para Vitória esgotam-se 15 dias antes do feriado - 22 Mar. 2015

Programação de Carnaval nos trens turísticos da ABPF Sul de Minas - 6 Fev. 2015

   

Resenhas da ideia da interiorização da capital
A origem da história


 
Flavio R. Cavalcanti - Dez. 2012
A ideia | A origem da “história

Ao fazer da interiorização da capital uma bandeira, o governo Kubitschek providenciou — entre outras iniciativas — um levantamento historiográfico da idéia.

O resultado foi uma idéia refinada e reduzida à forma de cristal, livre de impurezas, pronta para dissolver e servir em textos de divulgação — e, na seqüência, em obras de popularização; e depois, com o tempo, em histórias de Brasília, resenhas etc.

O trabalho de levantamento foi realizado por uma equipe do Serviço de Documentação da Presidência da República, resultando numa série de livros publicados até 1960: Brasília: história de uma idéia (Rio de Janeiro, 1960); e Brasília: antecedentes históricos (Rio de Janeiro, 1960, em três volumes: 1549-1896; 1897-1955; e 1956-1961).

É de se notar que esse trabalho não parece ter obedecido a qualquer intenção consciente de isolar de seus contextos os diversos registros da idéia de interiorização da capital — apenas, a contextualização não era o objetivo nem, provavelmente, havia tempo ou espaço para isso.

Tampouco parece ter havido uma seleção crítica — algumas informações indiretas foram conferidas em fontes anteriores; outras, não, mas nem por isso foram omitidas.

Paralelamente também foram reunidos e publicados em livro recortes da imprensa — Brasília e a opinião mundial, 1958 e 1959, quatro volumes; Brasília e a opinião estrangeira, 1960; Diário de Brasília, 1956 a 1960, em quatro volumes; e livros relacionados, como André Malraux - Brasília - La capitale de l'espoir (1959); Bernardo Sayão - Bandeirante moderno (1959); Síntese cronológica (diversos volumes, sobre o governo JK); Discursos; etc.

A equipe do Serviço de Divulgação da Presidência da República contou com a participação de intelectuais e diplomatas como Donatello Grieco, Antônio Houaiss, Raul de Sá Barbosa, Francisco de Assis Barbosa, entre outros; e a colaboração de serviços análogos do Senado e da Câmara, Ministério das Relações Exteriores, Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB), Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Arquivo Nacional, Museu Histórico Nacional, Fundação Casa Rui Barbosa, Ministério da Educação e Cultura, Departamento de Correios e Telégrafos (DCT), Fundação Brasil Central (Fundacentro), Agência Nacional, Biblioteca do Exército (Biblioex), Serviço Nacional de Proteção aos Índios (SPI), Arquivo Público de Minas Gerais, Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), Universidade do Recife, etc.

Desse vasto trabalho de levantamento e documentação — direta ou indiretamente — foi resumida a maior parte das informações encontradas em inúmeros livros que, desde então, abordaram a história de Brasília e de sua idéia ao longo de épocas anteriores. Daí, provavelmente, a característica ausência de indicação precisa das fontes primárias, além da manutenção de falhas e lacunas naturais aos anos 1956-1960 — como a repetida citação de um artigo do jornal O Universal, Ouro Preto, 1825, que na verdade transcreveu parcialmente um artigo de Hipólito, 1816, com pequena alteração no primeiro parágrafo e supressão de vários outros na parte final (“corte pelo pé”). A redescoberta de Hipólito era recente, e a coleção integral do Correio Braziliense uma raridade.

Igualmente têm sido bastante utilizadas informações da revista brasília, publicada mensalmente pela Cia. Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) ao longo de toda a construção, até 1960 — a fonte do Diário de Brasília.

A coleção de recortes de jornais e revistas da Novacap, à época da construção — abrangendo o que não foi reproduzido pelo governo —, infelizmente foi bastante danificada.

Mais recentemente, foram disponibilizadas sucessivas reedições fac-similares do Relatório (1894) da primeira missão Cruls.

Brasília e a ideia de interiorização da capital
Varadouro | Hipólito | Bonifácio | Independência | Vasconcelos | Império | Varnhagen
República | Cruls | Café-com-leite | Marcha para oeste | Constitucionalismo | Mineiros | Goianos
CC | A origem da “história” | Ferrovias para o Planalto Central
Marcos históricos de Brasília
O Plano Piloto de Lúcio Costa | A escolha do Plano Piloto | O lago de Glaziou
A origem do Catetinho | Vida e morte de Bernardo Sayão
O massacre da Pacheco Fernandes
A logística da mudança | Os trens experimentais | A chegada do trem
A Pedra Fundamental | Missão Cruls | Relatório Cruls
Carta de Formosa | Emenda Lauro Müller
A idéia mudancista | Documentação
   

Ferreofotos

• Alco RSD8 Fepasa - 29 Fev. 2016

• G12 200 Acesita - 22 Fev. 2016

• “Híbrida” GE244 RVPSC - 21 Fev. 2016

• U23C modernizadas C30-7MP - 17 Fev. 2016

• C36ME MRS | em BH | Ferronorte - 14 Fev. 2016

• Carregamento de blocos de granito na SR6 RFFSA (1994) - 7 Fev. 2016

• G12 4103-6N SR6 RFFSA - 6 Fev. 2016

• Toshiba nº 14 DNPVN em Rio Grande - 25 Jan. 2016

• Encarrilamento dos trens do Metrô de Salvador (2010) - 14 Nov. 2015

• Incêndio de vagões tanque em Mogi Mirim (1991) - 9 Nov. 2015

• Trem Húngaro nas oficinas RFFSA Porto Alegre (~1976) - 21 Out. 2015

  

Ferrovias

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

• Pátios do Subsistema Ferroviário Federal (2015) - 6 Dez. 2015

Acompanhe

  
  

Busca no site
  
  
Página inicial do site Centro-Oeste
Página inicial da seção Ferrovias do Brasil
Sobre o site Brasília | Contato | Publicidade | Política de privacidade